O que eu queria ler…permita-se!


Via Pinterest @Karina Chaves

Às vezes venho para o pc e fico vagueando pela net em busca de algum texto, uma palavra amiga que eu esteja precisando ler. A maior parte de mim sabe que essa costuma ser uma busca vã, afinal, tudo o que precisamos ler e ouvir está dentro de nós mesmos. Mas tem momentos em que eu encontro o que preciso, e então sempre fico esperançosa de que isso se repita.

Hoje a vontade veio de novo e pensei que ao invés de procurar eu pudesse vir aqui e escrever, eu mesma, o que eu preciso ler. Talvez até, quem sabe, o que eu preciso ler seja também o que você precisa.

O problema é que se eu soubesse exatamente o que preciso ler não seria difícil de encontrar (nem de escrever), mas não sei. E ai, como faz? Uma introdução dessa para ver se a inspiração vem. (risos)

A verdade é que desde ontem meu peito está pesado e um nó na garganta dificulta minha respiração, e é como se eu não fluísse. Emoções confusas e a falta de clareza que tanto me incomoda. O principal eu sei: me sentindo sobrecarregada, pesada, pequena demais diante de tudo que preciso fazer, enfrentar, lidar.

E cansada. Tão cansada! Desse peso que é maior que eu. Que eu mal consigo definir e separar.

Foi quando minha própria voz me disse: relaxe, descanse. Solte esse peso. Permita-se libertar-se dele. Você não precisa carregar tudo isso sozinha, precisa menos ainda, carregar tudo de uma vez. Ponha tudo no chão, livre-se disso tudo. Pegue só o que você precisa pegar agora, só o que você pode carregar. Lide com isso, resolva isso, foque nisso, esqueça do resto. Depois, pegue o próximo montante. Distribua também, permita-se dividir e compartilhar esse peso.

Não carregue mais que o necessário, mais do que pode suportar. Você não precisa provar nada para si mesma. Vá devagar!

Permita-se libertar-se da vergonha. Permita-se soltar a culpa. Deixe para trás agora.

Talvez você precise sim lidar com tudo isso, mas não precisa ser tudo de uma vez. Um peso de cada vez, e tudo já ficará mais leve.

E sabe, é muito importante parar de vez em quando. As pausas são tão importantes quanto as arrancadas. Pause, solte todo o peso e divirta-se. Esqueça de tudo. O mundo não vai explodir e você estará tão mais disposta e forte para aguentar carregar mais pesos.

Permita-se a leveza. Permita-se a paz. Permita-se a paciência.

Só permita-se soltar todo esse peso.

Anúncios